Categorias
Cartão Fintech

Cartão Private Label, White Label e Co-branded: qual a diferença?

Muitas empresas já entendem que oferecer cartões com a própria marca para seus clientes é uma estratégia muito inteligente, pois ajuda na fidelização de clientes, aumenta e gera novas fontes de receita e acelera a transformação digital.

Grande parte dos varejista já possuem seu próprio cartão, como a Renner e a Havan por exemplo, e atualmente cada vez mais empresas de outros segmentos estão lançando seus cartões.

Há três modelos mais comuns para emissão de cartão: Private Label, White Label e Co-branded.

Mas como funciona cada um desses cartões? Qual a diferença? Quais são as vantagens? Nesse artigo, explicaremos essas dúvidas.

O que é cartão private label?

Uma das melhores opções quando se quer conceder linha de crédito a seus clientes, é emitir cartões private label.

Esse tipo de cartão, também conhecido como “cartão marca própria” ou “cartão de loja”, é emitido por instituições financeiras contratadas por empresas que querem oferecer esse serviço a seus clientes, totalmente personalizado com a marca e identidade dela, sem haver divulgação de quem o produziu.

O cartão private label não possui bandeira, ou seja, não tem vínculo com Mastercard, Visa, Elo ou demais bandeiras, por isso seu uso fica restrito apenas para compras em lojas da empresa que oferece o cartão. 

No varejo é onde encontramos com mais facilidade cartões private label, como em lojas de departamento e redes de supermercado.

As vantagens são:

  • Facilitar o pagamento na loja;
  • Fidelizar os clientes com benefícios exclusivos;
  • Possibilidade do cliente pagar parcelado;
  • Redução de taxas para a empresa;
  • Aumentar a receita da empresa;
  • Totalmente personalizado;
  • Maior reconhecimento da marca;
  • Acompanhamento das transações/rotina do consumidor.

Quando a empresa disponibiliza cartão private label para seus clientes, eles não se tornam clientes da instituição que emitiu o cartão. O cliente continua sendo da empresa e ela que detém as informações das transações e do cliente e também todo o valor recebido em tarifas é dela.

O que é cartão white label?

O cartão white label, conhecido como “cartão bandeirado” ou “cartão híbrido”, também tem a emissão terceirizada e é distribuído aos clientes da empresa que contratou o serviço, de maneira totalmente personalizada, não há divulgação de quem o produziu, apenas a marca da empresa aparece.

Mas diferente do cartão private label, esse cartão white label é bandeirado! Ou seja, o cartão é emitido possuindo uma bandeira que pode ser a Mastercard, Elo, Visa ou qualquer outra.

Esse modelo possibilita que o cartão seja utilizado em outros estabelecimentos, não apenas nas lojas da empresa do cartão.

Veja as vantagens do cartão white label:

  • Melhor experiência de compra na loja;
  • Aceito em mais estabelecimentos, às vezes até internacional;
  • Benefícios exclusivos, como programa de pontos ou descontos;
  • Fidealização dos clientes;
  • Redução de taxas para a empresa;
  • Aumento da receita;
  • Totalmente personalizado;
  • Maior reconhecimento da marca;
  • Acompanhamento das transações/rotina do consumidor.

Assim como na opção anterior, quando a empresa disponibiliza cartão white label para seus clientes, eles não se tornam clientes da instituição que emitiu o cartão. O cliente continua sendo da empresa e ela que detém as informações das transações e do cliente e também todo o valor recebido em tarifas é dela.

Nesse caso, se o usuário deixar de comprar na empresa, mas continuar usando o cartão em outros estabelecimentos, ele continua sendo cliente e gerando receita para empresa.

O que é cartão co-branded?

O cartão co-branded é um cartão de crédito de uma empresa emitido em parceria com uma instituição financeira (banco).

Nesse tipo de cartão, também conhecido como “cartão de varejo”, ambas as marcas aparecerão: da instituição financeira que emitiu e da empresa que está oferecendo o cartão.

E, assim como no cartão white label, esse cartão possui bandeira, por isso seu uso não é restrito a apenas uma empresa, o cartão co-branded pode ser usado em outros estabelecimentos.

Esse modelo também é muito popular no varejo e tem as seguintes vantagens:

  • Ajuda na fidelização dos clientes;
  • Benefícios exclusivos, como programa de pontos ou descontos;
  • Aumento da receita da empresa;
  • Redução de taxas para a empresa;
  • Maior reconhecimento da marca

Se a empresa disponibilizar um cartão co-branded para seus clientes, esses automaticamentes se tornarão clientes do banco parceiro. Por exemplo, com o cartão Azul Itaú, o cliente é do Itaú com vantagens e descontos para comprar na Azul Linhas Aéreas.

Por isso, quem detém as informações das transações e do cliente e também todo o valor recebido em tarifas é o banco. E se o usuário deixar de comprar na empresa e continuar usando o cartão em outros estabelecimentos, ele continua sendo cliente do banco.

Comparativo

Veja a comparação abaixo entre as principais funcionalidades em cada cartão:

cartao-private-label-white-label-cobranded

Todos os tipos de cartão trazem diferentes benefícios para a empresa, com certeza é um serviço que agrega demais a estratégia da empresa. Basta escolher qual faz mais sentido para o seu negócio.

Nós da Atar B2B oferecemos diversos serviços de Banking as a Service (BaaS), como cartão white label, personalizado e bandeirado. 

Solicite contato para conhecer nossos serviços e entender se essa é a melhor opção para seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *