Open Banking

Também conhecido como Open Bank, a expressão significa “banco aberto” ou “sistema bancário aberto”. Este foi o nome dado a esta cultura de mercado em que o banco não é mais dono das suas informações. Cada indivíduo deve ser dono de suas informações bancárias e ter controle do seu inventário de dados. Dessa forma, o consumidor de serviços financeiros pode conceder, às plataformas que lhe interessam, acesso às suas informações.

Como funciona?

O open banking acontece, na prática, como uma nova camada de regras e tecnologias que vai permitir o compartilhamento de dados de clientes entre instituições financeiras por meio da integração de suas plataformas.

Essa integração é feita com o uso de APIs abertas. API é uma interface de comunicação entre aplicações. É um conjunto de rotinas e padrões estabelecidos por um software para a utilização das suas funcionalidades por outras aplicações externas.

O compartilhamento de dados tem sido visto como um maus olhos, como sendo sinônimo de espionagem digital e má fé da parte das empresas envolvidas. Entretanto, a alma do Open Banking busca justamente o oposto. Os dados, agora, podem ser utilizados a favor do indivíduo com liberdade e transparência.

Correntistas poderão concentrar toda a gestão de suas finanças num só aplicativo, site ou plataforma. Todos estes dados podem trazer, ao usuário, uma melhor compreensão das suas contas e ajudá-lo a otimizar seu dinheiro. Inteligência de software pode ajudar o usuário a otimizar compras recorrentes, encontrando melhores preços. Estes clientes poderão fazer uso do seu histórico em diversas instituições e, assim, aprovar empréstimos muito mais facilmente. Pagamentos poderiam ser feitos com saldos de diferentes contas.

Da maneira que o mercado funciona atualmente, sem as conexões entre plataformas possíveis por meio do open banking, se você possui uma conta no Itaú, Bradesco ou Banco do Brasil por exemplo, seu histórico e reputação são possíveis de ser aproveitados apenas na instituição provedora da conta. Agora, isso cai por terra.

Por que o open banking é importante?

Ficou fácil perceber como esta transformação é implacável, não é mesmo? O número de fintechs no mercado vem crescendo a passos acelerados, assim como a oferta de contas digitais e soluções financeiras. O dinheiro dos cidadãos tende a se espalhar, assim como sua informação. A tendência é a convergência em plataformas abertas, para melhor gestão e controle. Isso é open banking. Uma evolução natural e saudável do mercado financeiro.

Essa transformação traz consigo um mar de oportunidades para todos os players do setor – bancos tradicionais, fintechs e segmentos que poderão operar como agentes financeiros (plataformas de delivery, e-commerce e varejo). E com as oportunidades, traz a competição.

Meu negócio será beneficiado?

Se o seu negócio tem relação direta com o mercado financeiro, ter acesso em primeira mão às novidades em open banking vai lhe assegurar um grande diferencial competitivo. Caso não, ainda assim, mais cedo ou mais tarde, seu negócio sofrerá influência desta tecnologia. A oportunidade de desenvolver inovação nos produtos e serviços digitais para seduzir os mais diferentes públicos está aberta para todos empreendedores. Ficar de olho nela não tem contraindicação.

Se você possui um e-commerce ou uma plataforma online para pessoas físicas ou jurídicas, você poderá oferecer todos os serviços bancários nesta plataforma, sem que o cliente precise acessar a conta bancária dele em outra plataforma. Considere aumentar sua oferta de soluções financeiras ou incrementar sua abordagem à elas, e dessa forma, entregar mais valor ao seu cliente.

Com a crescente penetração da tecnologia no país e o ainda alto número de desbancarizados, o cenário para as fintechs e prestadoras de serviços financeiros é muito promissor. As entidades financeiras abertas ao open banking vão trafegar melhor nos diversos públicos, desfrutarão de maiores benefícios e ampliarão ainda mais seus negócios.

Ficou interessado? Deixe a gente te ajudar!

Estamos há 7 anos no mercado financeiro, atendemos toda a regulação do Banco Central e já ganhamos mais de 10 prêmios de reconhecimento.

FALAR COM UM ESPECIALISTA