Você já saiu de uma reunião confuso com as expressões usadas? O que é NDA? O que significa bootstrapping? Qual o significado de stakeholders? Como um entusiasta exemplar do empreendedorismo, você anotou tudo e correu para a internet a fim de tirar suas dúvidas. Certo? Ótimo! O mundo precisa de pessoas como você. Estamos aqui para lhe ajudar a fazer o trabalho de casa.

Temos uma dica: use o buscador do seu navegador para ir direto à palavra que deseja encontrar. Normalmente, esta funcionalidade está disponível pelo atalho Ctrl+F.

Aceleradora

Como o próprio nome diz, aceleradora são programas feitos por instituições visando dar todo o suporte necessário durante um período para que startups cresçam mais rapidamente. Esse processo pode ser governamental ou financiado por empresas privadas. Ele não necessariamente inclui investimento financeiro, mas também mentorias e empréstimo de infraestrutura.

Angels

Angels são pessoas ou instituições que acreditam em grandes ideias de negócio, projetos que estão na fase inicial ou que ainda nem saiu do papel, mas que tem futuro promissor.

Angel Round

É o momento onde a startup procura investidor. Normalmente são rodadas (round) pré definidas, com tempo de início e fim.

Aporte

Aporte é todo investimento feito por um terceiro, que contribua para o crescimento da startup. 

Benchmarking 

Quando você está buscando referências do mercado para seu produto ou serviço, você está fazendo um benchmarking. Nesse processo se procura identificar características que se mostrem como diferenciais competitivos (do produto ou serviço), visando sempre melhorar ou gerar metas mais elevadas para um progresso contínuo, normalmente mirando ser melhor que a concorrência. 

Bootstrapping

Bootstrapping é o período que uma empresa iniciante consegue caminhar e gerar valor apenas com investimentos próprios. Geralmente essa é uma opção tomada por empreendedores que possuem certa experiência e querem aproveitar o máximo que podem de sua liberdade para modelar seu negócio. Além do mais, quanto mais o empresário consegue caminhar pelas próprias pernas, maiores as chances de receber investimentos mais significativos quando for necessário algum aporte.

Break-even

Na tradução para o português quer dizer “ponto de equilíbrio”. É o momento em que a startup já ganha o que gasta, onde a receita e as despesas são iguais. Normalmente a partir desse momento a startup começa a gerar lucro.

Burn Rate

Burn Rate é a taxa mensal de queima de caixa da empresa. Normalmente é usado para calcular quanto tempo o negócio consegue se manter com o caixa que possui ou entrar no break-even.

Business Model Canvas

Método criado por Alexander Osterwalder como uma alternativa para realizar e gerenciar um plano estratégico de forma mais direta e ilustrativa. O Canvas é um quadro que pode ser desenhado em um papel apenas e que resume de forma objetiva todas as etapas necessárias para se fechar o ciclo criativo de uma ideia de negócio.

Business Plan

Nada mais é que o plano de negócio. É um dos documentos essenciais para a busca de investimento. Ele apresenta qual é a ideia e proposta de valor do negócio, contendo pontos como objetivos da empresa, análise de recursos, plano financeiro etc. 

Cap Table

Cap Table é a lista onde contém o nome de todos os acionistas da empresa, facilitando a organização. 

Capital de Giro

É o valor necessário em caixa para finalizar e/ou iniciar um novo ciclo de compra e venda da empresa. Com esse valor a instituição consegue honrar com seus compromissos e investir em matéria prima. 

Captação de Recursos

O trabalho de captação de recursos é similar ao angels round. Nesse momento ela busca não só investidores anjos, mas também bancos, fundos de investimentos etc.

Core Business

 Na tradução, significa “negócio principal”, refere-se a razão da existência da instituição. 

Cloud Computing

Nada mais é do que o armazenamento de dados na nuvem. Com o avanço da tecnologia esse serviço está cada vez mais em alta. Podendo ser acessado de qualquer lugar, economizando infraestrutura física.

Coworking

Ambiente compartilhado com custo menor, onde pequenas empresas podem escalar seu negócio sem precisar fazer grandes investimentos em seu espaço físico próprio. Tendo a vantagem de fazer network com empreendedores de diversos nichos de mercado.

Crowdfunding

Crowdfunding é o novo sistema de investimento compartilhado, onde pessoas podem investir em ideias e/ou negócios promissores, sem um grande aporte financeiro. E para as empresas é um bom caminho para início de rodada de investimento.

Customer Development

Essa cultura acredita que a validação de uma ideia deve ser feita pelos consumidores o quanto antes. Ela está bastante alinhada com o conceito de Lean Startup, que acredita que o erro é inerente ao desenvolvimento e por isso se torna mais vantajoso errar cedo para corrigir rapidamente.

Design Thinking

É uma técnica que tem sido bastante aplicada no processo de inovação. O principal objetivo é entender os problemas de forma mais ampla, sendo capaz de construir soluções que integram diferentes áreas.

Deal Breaker

É o pesadelo de todo negócio. A cláusula que não pode ser assinada, é um fator impedindo que a negociação continue. 

Demo Day

É o dia onde se reúnem todos os investidores (ventures capitals, investidores-anjos, private equity, fundos, etc.) para que empreendedores apresentem seus negócios em busca de investimento.

Drag Along

Cláusula de contratos societários que se aplicam nas vendas das empresas. Determinam que acionistas minoritários vendam suas respectivas participações quando os majoritários assim o façam.

Due Diligence

É o momento em que a empresa passa pelo processo de análise, onde o compliance verifica todos os setores da empresa, buscando irregularidades e/ou inconformidades do projeto em relação ao business plan apresentado.

Early Stage

São empresas novas, que estão iniciando suas atividades. Normalmente de até 3 anos.

Earn Out (Earnout ou Earn-out)

É muito comum encontrar cláusulas de earn out em empresas vendidas e que seus sócios originais permanecem nela, ocupando cargos de administração. Geralmente são parte do valor de venda da empresa que se liberam na medida em que os resultados se realizam; ou valores pagos aos vendedores em razão das metas atingidas.

Elevator Pitch

É uma técnica de apresentação do negócio que dura 30 segundos. Como se estivesse sendo contada em um elevador.

Empreendedorismo Social

Empreender sem fins lucrativos, em prol de causas sociais.

Equity

É o momento em que a empresa alcança estabilidade e pode abrir capital.

Escalabilidade

É quando uma empresa possui capacidade de atender uma grande demanda e/ou pode crescer seu negócio atingindo novos nichos de mercado, oferecendo novos serviços.

Founder

Criador do negócio.

Growth Hacking

São experimentos rápidos dentro da empresa, visando buscar novos gatilhos para crescimento exponencial.

Hackaton

São competições onde grupos de criadores de produtos disputam entre si, trazendo ideias inovadoras para a resolução de um problema levantado pela organização. Ao final o melhor é premiado.

Hurdle Rate

Nada mais é do que a taxa mínima de retorno sobre o investimento feito na campanha e/ou produto. Mostrando se o mesmo é viável ou não.

Incubadora

Da mesma forma que a aceleradora, a incubadora é um processo mais tradicional para startups saírem do papel e tomarem corpo. Normalmente é auxiliado com investimento intelectual, ajudando a formalizar e organizar setores dentro do negócio.

Intraempreendedorismo

Também chamado de empreendedorismo corporativo, se refere aos empreendedores que trabalham dentro de uma companhia. Eles ajudam na identificação dos problemas cotidianos e propõem soluções inovadoras. O intraempreendedorismo é muito saudável para grandes e tradicionais empresas, pois ajudam a trazer a atualização de forma sistêmica. 

Investidor-Anjo

São pessoas físicas que possuem capital próprio e destinam parte dele para investimento em negócios e ideias com potencial de crescimento, em troca de participação societária ou retorno financeiro.

Joint Venture

É uma reunião entre duas corporações, visando a troca de experiências para a criação de uma nova atividade econômica. Visando lucro e com tempo pré determinado, a reunião das empresas em torno de uma joint venture não cria necessariamente uma empresa nova, podendo ser mera associação. 

KPI

Key Performance Indicator é o indicador usado para medir a performance dos processos. Seu papel é contribuir com o aumento do desempenho da empresa, seguindo-o como meta para alcançar os objetivos da instituição. 

Landing Page (LP)

Página criada para captação de novos leads (potenciais clientes) para um novo negócio e/ou produto. Com formatação simples e responsivo, facilitando o entendimento do cliente.

Mash Up

Termo utilizado no mundo dos negócios quando é feita a junção de dois produtos ou serviços para a criação de um novo.

Meetup

Encontro informal promovido pelas startups para fazer network, compartilhar contatos de negócios e fomentar o ecossistema.

Mentor

São pessoas de sucesso que tiveram um case de sucesso e podem estar passando lições que aprenderam com seu próprio negócio.

MEI

É a nomenclatura usada para definir o microempreendedor individual. Normalmente é onde as startups iniciam seu projeto no processo de MVP para validar seu negócio.

Mergers and Acquisitions (M&A)

Quando estivermos diante de negócios envolvendo a compra e a venda de empresas, a incorporação ou a cisão delas, o spin-off de negócios ou a combinação deles, estaremos diante do campo das Mergers and Acquisitions, (mais conhecido como M&A). Numa tradução para o português, “Fusões e Aquisições”. 

Modelo de Negócios (Business Model)

É a ferramenta mais simples e dinâmica para estruturar uma empresa no papel. Nele é visto margem de lucro, escalabilidade do negócio, viabilidade do projeto.

MVP (Minimum Viable Product)

Vem da tradução “mínimo produto viável”. Nessa proposta a startup inicia com um produto rudimentar que consegue passar sua proposta principal e atende a função desejada. Podendo ser escalado e transformar no produto ideal.

NDA (Non-Disclosure Agreement)

O NDA, ou non-disclosure agreement, é um termo assinado entre duas partes, firmando um acordo de confidencialidade de informações, normalmente sobre proposta e/ou produto. 

Networking (fazer network)

Network é essencial para o crescimento da Startup. Ter uma lista de contatos possibilita a conexão do negócio com pessoas que possam indicar seu produto ou serviço para potenciais clientes. 

Open Innovation

São programas que grandes empresas possuem direcionados a compra de startups com boas ideias e que possam agregar valor à instituição.

Open Source

Se dá o nome de código fonte (do inglês “source code”) ao conjunto de palavras, fórmulas, algoritmos e símbolos reunidos e escritos organizadamente para dar vida a um software.

Outsourcing

É o que conhecemos como terceirização, modelo em que a empresa contrata uma terceira para cumprir tarefas específicas do negócio, diminuindo custo operacional e delegando responsabilidade para a contratada. 

Pitch

É um bate papo entre duas partes, normalmente conhecido como uma “reunião de negócios” ou “meet”, onde é discutido propostas, produtos, ideias e negócios.

PME 

PME ou Pequenas e Médias Empresas é usada para catalogar o porte de um negócio. Esse valor está relacionado ao número de funcionários.

Pivotar

Pivotar é girar a empresa para “outra direção”, geralmente testando hipóteses, mantendo a base para não perder a posição já conquistada, mas visando uma nova área de atuação ou até mesmo um novo modelo de negócios.

Private Equity

Modalidade de investimento de grande porte realizada por fundos em empresas que não têm ações em Bolsas de Valores. É semelhante ao venture capital, mas de maiores dimensões, e por isso, normalmente é reconhecido como uma etapa posterior à venture capital.

ROI (Retorno de Investimento)

Cálculo realizado pela empresa para saber a taxa de retorno sobre o investimento de determinado produto, ou até mesmo da empresa. É um número importante pois determina se o negócio, produto ou serviço é viável.

Royalties

Normalmente vinculado ao uso de marcas, patentes ou contratos de franquias, royalty nada mais é que a remuneração que o usuário entrega ao proprietário da marca, da patente ou ao franqueador, pela utilização da marca, da patente ou do direito de franquia.

Round

São as rodadas de investimento que a empresa passa. “Round A“, “Round B” e assim por diante.

Seed Money

É o dinheiro investido no início de um negócio até que ele consiga gerar lucro. É essencial em startups, que muitas vezes não possuem capital para colocar a ideia em prática.

SEO (Search Engine Optimization)

Padrão criado pelo Google para classificar a posição das buscas. Ao realizar o que o buscador considera relevante, você conseguirá aparecer nas primeiras páginas — algo essencial para negócios digitais.

Spin-off

Processo de nascimento de um negócio derivado de outro já existente. O Google, por exemplo, nasceu como buscador, mas várias outras empresas foram criadas a partir dele, como o Google Ads.

Software as a Service (SaaS)

Existem empresas que trabalham com criação de softwares para utilizações diversas. Estes softwares são alugados e cobrados periodicamente, sendo chamados de SaaS.

Stakeholders

Os tomadores de decisão de uma empresa. Ou seja, todos os públicos relacionados a ela. Podem ser clientes, funcionários, sócios, etc. Esta expressão é também utilizada para tratar dos indivíduos envolvidos e interessados em algum projeto específico — são seus stakeholders.

Startup

O conceito mais atual para uma startup considera que ela seja uma empresa rentável, escalável e possua um alto grau de inovação. Na maioria das vezes, ela é um negócio iniciado na web devido aos baixos custos exigidos para isso, mas não necessariamente.

Tag Along

A tag along serve para proteger os acionistas minoritários no caso de venda do controle da empresa.

Term Sheet

Um termo sheet nada mais é que um contrato. Um contrato que serve para formalizar todas as condições e termos avançados entre investidores e empreendedores ao longo de suas negociações.

Unicórnio

Unicórnios são startups avaliadas em, pelo menos, US $1 bilhão. A expressão brinca com a ideia de que uma startup tão valiosa assim seria tão rara e mágica quanto um… Unicórnio.

Valuation

É o termo utilizado para avaliar quanto vale a empresa, caso ela for vendida um dia.

VC (Venture Capital)

Venture capital é o que nós conhecemos por “capital de risco”, ou seja, o investimento de recursos com retorno incerto, normalmente para dar fôlego a empresas em seus estágios iniciais quando essas se apresentam como promissoras.

Sobre os autores

James Raul Withoeft
James Raul Withoeft
Publicitário e Designer em | LinkedIn | Mais publicações

Possui formação em Comunicação Social com habilitação em publicidade e propaganda e vasta experiência em branding, direção de arte publicitária, design gráfico, projetos editoriais, CX, UX e UI.

Kelvin Cassiano Weizenmann
Kelvin Cassiano Weizenmann
Executivo de negócios na Atar B2B em | LinkedIn | Mais publicações

Criativo, inovador inconformado, viajante e com alma de negociador. Formação em administração / Susep / CPA 10.

Maycon Juan
Maycon Juan
Novos Negócios e Marketing em | LinkedIn | Mais publicações