Quem nunca saiu zonzo de uma reunião com a equipe de desenvolvimento? Ou após uma conversa técnica com uma empresa parceira? O que é back-end? O que significa webhook? Qual o significado de 2FA?

Essa confusão acabou. Neste glossário cuidadosamente preparado, reunimos os principais termos, expressões e siglas da área de tecnologia usadas no universo das fintechs e startups. Com ele, você irá sanar a maioria esmagadora das suas dúvidas sobre tecnologia moderna.

Temos uma dica: use o buscador do seu navegador para ir direto à palavra que deseja encontrar. Normalmente, esta funcionalidade está disponível pelo atalho Ctrl+F.

2FA

Sigla para Two-Factor Authentication. Em português, autenticação de 2 fatores. É um método de autenticação eletrônica em que um usuário do dispositivo tem acesso a um site ou aplicativo somente após apresentar, com sucesso, duas evidências (ou fatores) de sua identidade. Estas evidências solicitadas costumam estar relacionadas a conhecimento (algo que apenas o usuário conhece), posse (algo que apenas o usuário possui) e herança (algo que apenas o usuário é). O 2FA é uma das mais populares formas de MFA (Multi-Factor Authentication), ou seja, autenticação multifator.

API

Sigla para Application Programming Interface. Em português, Interface de Programação de Aplicações. É a forma de conectar sistemas – um conjunto de padrões estabelecidos por um software para a utilização das suas funcionalidades e serviços por aplicativos externos à ele. Isso possibilita mais segurança dos dados, facilita o intercâmbio de informações inclusive entre diferentes linguagens de programação.

Array

Um arranjo (uma coleção) de dados posta em forma de tabela. Normalmente, a estrutura é organizada de tal forma que cada um dos elementos possa ser identificado por um índice ou uma chave.

Back-end

Está relacionado com tudo que está por trás das aplicações desenvolvidas na programação.  É chamado de back-end tudo que dá estrutura e apoio às ações do usuário em software.

Big Data

Abrange toda espécie de aglomerado de dados, grande e complexo. Normalmente difícil de processar, sendo necessária uma tecnologia avançada para tratamento destes dados. O termo Big Data também é utilizado para referenciar a área de conhecimento que estuda como tratar e analisar estes grandes volumes de dados.

Bot

Diminutivo de robot, os bots são aplicações de software criados para simular ações humanas repetidas vezes de maneira padrão, assim como faria um robô.

Botnet 

É uma rede de bots. Um conjunto de dispositivos conectados à internet, cada um executando um ou mais bots programados para desempenhar determinadas tarefas ou rotinas. 

Callback

Pode ser traduzido como “chamada de retorno”. Trata-se de uma função ou endereço URL que é executada quando algum evento acontece ou depois que algum código chega ao estado específico desejado. A grande “sacada“dessa função é permitir ao computador continuar realizando outros processos enquanto a resposta não chega, evitando que fique ocioso enquanto aguarda a resposta.

Chave de idempotência

É uma técnica utilizada para resolver problemas no processo de comunicação entre dois sistemas. Ela permite que seja efetuada a mesma requisição inúmeras vezes obtendo o mesmo resultado desejado sem criar registros duplicados.

Cloud-native

É uma abordagem em desenvolvimento de softwares que utiliza computação na nuvem para construir e executar aplicativos escalonáveis ​​em ambientes modernos e dinâmicos como nuvens públicas, privadas e híbridas. Dentre outros benefícios, isso permite que sejam feitas mudanças de alto impacto na aplicação com frequência, previsibilidade e pouco esforço.

CRM

Sigla para Customer Relationship Management. Em português, Gestão de Relacionamento com o Cliente. Define toda uma classe de programas, aplicações ou ferramentas que automatizam as atividades relacionadas ao contato com o cliente.

Dashboard

É um painel visual que apresenta, de maneira centralizada e resumida, um conjunto de informações, assim como ações mais relevantes ou frequentes. Essa é a aplicação deste termo em contexto de tecnologia.

Delay

Significa atraso. Em computação, este termo representa a diferença de tempo entre o envio e o recebimento de um sinal ou informação entre sistemas ou partes de um sistema.

Downtime

É um tempo utilizado para se referir ao tempo de inatividade de um sistema ou os períodos em que um sistema está indisponível.

Double opt-in

Também conhecido como dupla confirmação, é a estratégia que provê mais segurança no processo de captura de inscrição de clientes. Ele funciona basicamente enviando um email de confirmação para o cliente interessado (lead) após ele preencher um formulário.

Endpoint

Redução de communication endpoint. No mundo da programação, endpoint são interfaces expostas (uma ponta exposta) por uma aplicação (como uma API, por exemplo) para criar, receber ou transmitir informação por meio de um canal de comunicação.

Kickoff

Expressão que, em uma tradução livre, seria algo como “pontapé inicial” ou “pontapé de saída”. É um encontro que reúne todos os participantes de um projeto para definir objetivos, recursos, restrições, prazos e cronogramas referente ao projeto em pauta.

Firewall

Em português, parede de fogo. É um programa (ou equipamento físico), cujo objetivo é providenciar segurança, filtrando, bloqueando e administrando pontos de acesso a determinadas redes ou dispositivos.

Front-end

Em uma aplicação (um software), front-end faz referência a tudo que tem contato com o usuário. É a parte do sistema com a qual o usuário faz interação. É a interface gráfica do programa.

Hub

Termo vastamente utilizado para tratar de plataformas (físicas ou digitais) que recebem e administram dados de várias fontes e enviam dados para diversos destinos. 

LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais é a legislação brasileira que regula as atividades de tratamento de dados pessoais. Ela se fundamenta em diversos valores, como o respeito à privacidade; à autodeterminação informativa; à liberdade de expressão, de informação, comunicação e de opinião; à inviolabilidade da intimidade, da honra e da imagem; ao desenvolvimento econômico e tecnológico e a inovação; à livre iniciativa, livre concorrência e defesa do consumidor e aos direitos humanos de liberdade e dignidade das pessoas.

Open Source

Uma categoria de software de código aberto que permite a qualquer um usar ou se utilizar deste código para criar outro sistema.

OCR

Sigla para Optical Character Recognition. Em português, reconhecimento ótico de caracteres. É uma tecnologia utilizada por programas para reconhecer textos existentes em documentos digitalizados, tornando a informação disponível em meio digital. 

Opt-in

Refere-se à expressão voluntária da vontade de um usuário de receber mensagens de caráter comercial de uma determinada empresa. Desse modo, a inscrição do usuário acontece com seu total consentimento, evitando o aceite pelo silêncio.

Opt-out

De forma semelhante ao opt-in, o opt-out faz referência à possibilidade do usuário em optar por deixar de receber mensagens de caráter comercial.

OTP

Sigla para One-Time Password. Em português, senha de uso único ou senha descartável. É um código, normalmente recebido por e-mail ou SMS, válido somente para uma sessão de login ou transação.

Plug and Play (Plug & Play)

Com vasta aplicação na área da informática, esta expressão foi criada para definir a capacidade de um computador de reconhecer e configurar automaticamente qualquer novo dispositivo instalado. Hoje este conceito foi trazido para a conectividade entre sistemas por meio de APIs onde estes recursos se mostram prontos para serem utilizados sem exaustiva configuração prévia.

Proxy

Proxy, de forma bem simples, significa intermediário, procurador ou representante. Se trata de um servidor ou recurso de um sistema que age como um intermediário para tratar requisições de usuários, solicitando recursos de fontes externas para cumprir determinada operação.

Query

É um pedido de uma informação – pode ser entendido como uma consulta, uma solicitação ou, ainda, uma requisição. De forma prática, compreende o processo de extração de dados de um banco de dados e sua entrega de forma adequada ao uso.

Sandbox

É um ambiente de testes (ou plataforma de testes), isolado e seguro, onde os desenvolvedores podem testar recursos, examinar funcionamentos e fazer suas criações sem que isso interfira na sua aplicação aberta ao público (versão em produção). Em alguns casos, se utilizam ambientes sandbox para testar aplicações que possam ser maliciosas, sem colocar em risco o ambiente externo. O termo significa “caixa de areia”, como aquelas existentes em parques para crianças.

Scrum 

É uma metodologia para gerenciamento de projetos. No Scrum, os projetos são divididos em ciclos chamados de sprints. O scrum faz parte das metodologias ágeis (agile software development), uma disciplina que estuda um conjunto de comportamentos, processos, práticas e ferramentas utilizados para a criação de produtos (podendo ou não ser limitados a software).

Seamless (Integração Seamless)

Faz referência a possibilidade de uma integração de softwares muito bem entrosada, sem problemas, falhas ou descontinuidades; criando uma estrutura unificada com funcionamento fluído.

Serverless

A computação sem servidor (serverless) é um modelo de execução de computação em que os provedores de recursos em nuvem (AWS, Azure ou Google Cloud) alocam e cobram apenas pelos recursos consumidos – os desenvolvedores não provêm ou administram os servidores nos quais os aplicativos são executados. Com isso, os aplicativos podem ganhar escala automaticamente, permitindo que os desenvolvedores possam se concentrar na criação de produtos em vez de se preocuparem com o gerenciamento de servidores.

SSL

Sigla para Secure Sockets Layer. Em português, protocolo de camada segura de soquetes. É um protocolo de segurança que provê a encriptação de páginas antes de serem transmitidas pela internet e que autentica as partes envolvidas.

Stack

É como é chamado o conjunto de tecnologias utilizadas na criação de uma determinada aplicações. Na stack estão as linguagens de programação, frameworks e bancos de dados.

Tags

Tem o conceito de etiquetas. É utilizado na internet para identificar um conteúdo e associá-lo a um assunto, facilitando a localização destes conteúdos. Esse termo também é utilizado na computação para introduzir alguma marcação em um código, como o HTML por exemplo.

Template

É um modelo a ser seguido, com uma estrutura que facilita o desenvolvimento e criação do conteúdo a partir de uma disposição bem definida. Apesar do conceito ser vastamente utilizado para construir interfaces, ele pode ser aplicado em diversas outras áreas de atuação.

Uptime

É um tempo utilizado para se referir ao tempo de atividade de um sistema ou os períodos em que um sistema está disponível.

Webinar

Contração de web-based seminar. Em português, seminário através da web. É um tipo de seminário no qual a comunicação é de apenas uma via (uma pessoa ou grupo se expressa e as outras assistem) e que acontece por meio de videoconferência via internet.

Webhook

É uma forma de receber informações quando um evento acontece. Este método leva este nome porque funciona como ganchos (hooks) de software na web. Na prática, o webhook é a forma de trocar informações entre sistemas de forma passiva. É também conhecido como retorno de chamada web, retorno de chamada HTTP ou impulso API.