Se você está aqui, significa que sua empresa provavelmente está interessada em captar investimentos ou já está passando por uma rodada de investimento.

Antes de tomar uma decisão de investimento, todo investidor precisa se certificar de que a oportunidade faz sentido tanto estrategicamente (com uma oportunidade validada junto a um mercado competitivo e atraente) quanto financeiramente. Aqui está, então, nossas dicas para você. Um artigo estruturado em 9 regras para garantir que você esteja pronto para enfrentar todas as rodadas de investimento. Vamos começar!

Explore o kickoff

Seja claro e transparente nesta rápida conversa inicial. Ela será de grande valor para a construção do relacionamento que está por vir. Demonstre determinação e concepções baseadas em dados. Cuidado com as métricas de vaidade – elas podem denunciar uma visão míope da realidade.

Em relação às primeiras impressões, há algo chamado de “primacy effect”. Este conceito foi popularizado pelo Dr. David J. Lieberman, renomado escritor no campo do comportamento humano, e diz respeito ao processo pelo qual nossa primeira impressão de outra pessoa nos faz interpretar seu comportamento subsequente de uma maneira consistente com a primeira impressão. Ou seja, a primeira impressão dos investidores sobre você irá influenciar no julgamento dos eventos seguintes.

Objetivos e estratégias

Além de ter seus objetivos e estratégias claras, estude os investidores e mostre como há convergência de interesses. Mostre como seus objetivos e suas estratégias vão de encontro com os objetivos e estratégias dos investidores. Não se trata de manipulação ou maquiagem – o objetivo, aqui, é otimizar a comunicação.

Lembre-se de que há um investimento inicial substancial de tempo, energia e recursos da parte do investidor antes mesmo do dinheiro ser envolvido. As metas e intenções do investidor serão a base sobre a qual ele decidirá como abordar sua proposta.

O pitch

O pitch é um momento crucial para iniciar o relacionamento formal de avaliação do potencial para investimento de um empreendimento.

Caso tenham sido determinadas expectativas prévias, é importante segui-las com atenção. Foi definido um tempo limite? Quem deve comparecer? Quais são as informações chaves? Lembre-se que está-se construindo uma relação de confiança acima de tudo. Você pode ser criativo, mas esteja certo de que esteja entregando o fundamental.

Informações relevantes

Se você decidiu prospectar investimento, deve se preocupar com diversas informações que tomam tempo para serem reunidas e diversos documentos onerosos em sua elaboração. Observe a necessidade de providenciar documentos como:

  • Apresentação do Pitch
  • Modelo de negócios
  • Currículo do seu time e organograma organizacional
  • Prova de tração (informações do cliente, referências de vendas, cartas de intenção, etc.)
  • Investimento atual e estrutura de capital
  • Informações financeiras
  • Descrição de todos os produtos e serviços
  • Informações de fornecedores ou parcerias significativas
  • Informações legais

Avaliação de risco

Diferentes estágios de maturidade de um negócio exigem diferentes caminhos de validação. Startups são, naturalmente, investimentos arriscados e, consequentemente, precisam de mais tempo gasto na validação se comparado com outros modelos como as scaleups que encontram uma adequação ao mercado e então buscam crescer. Procure antecipar estes desafios e demandas a fim de trazer informações assertivas e claras.

Receita ou aprendizado

O primeiro foco de um empreendimento deve ser o aprendizado. Só depois de um tempo ele deve estar ganhando. Se você começar se concentrando em ganhar, deve começar construindo as coisas da maneira certa. Se você se concentra no aprendizado, deve começar se perguntando o que é a coisa certa a ser construída. 

Esteja certo sobre qual estágio sua startup se encontra e demonstre objetivamente se essa mentalidade se traduz ou não na maneira com que a startup é gerida.

Validações importantes

Tenha em mente estes 5 aspectos do seu empreendimento que precisam ser validados para receber investimento:

  • Validação do problema: tamanho do problema que você está propondo resolver, momento e oportunidade;
  • Validação da solução: a diferenciação oferecida pelo seu empreendimento é suficientemente consistente?
  • Validação do modelo de negócios: seu modelo de negócios é viável e escalável?
  • Encaixe estratégico: o seu empreendimento está de acordo com a sua estratégia?
  • Equipe: a mentalidade, composição e capacidade de execução da equipe é consistente com a estratégia?

Flexibilidade

Nas negociações finais, é possível que o investidor proponha ajustes de estratégia, trajetória de crescimento e questione o potencial de receita. O investidor está explorando oportunidades e está concentrado em priorizar retornos financeiros elevados.

Você precisa ter consciência de quanto está disposto a flexibilizar e quais ajustes está disposto a fazer em relação às mudanças que precisarão ser negociadas ou negadas. Lembre-se sempre de que os desfechos ganha-ganha devem ser a primeira tentativa.

Saúde e qualidade de vida

Do seu negócio? Não. Sua e da sua equipe. Por que? Por melhor que sejam seus números, um investidor precisa ter certeza que você estará vivo e saudável amanhã, no próximo ano e daqui 10 ou 20 anos.

Transmitir saúde e vivacidade é determinante para que um investidor aposte em você. Se alimente bem, faça exercícios, durma bem e tenha hobbies. Tenha certeza de que sua vida é sustentável e deixe essa reputação transparecer.

Sobre os autores

James Raul Withoeft
James Raul Withoeft
Publicitário e Designer em | LinkedIn | Mais publicações

Possui formação em Comunicação Social com habilitação em publicidade e propaganda e vasta experiência em branding, direção de arte publicitária, design gráfico, projetos editoriais, CX, UX e UI.

Kelvin Cassiano Weizenmann
Kelvin Cassiano Weizenmann
Executivo de negócios na Atar B2B em | LinkedIn | Mais publicações

Criativo, inovador inconformado, viajante e com alma de negociador. Formação em administração / Susep / CPA 10.