Por muito tempo, os bancos foram os únicos capazes de oferecer serviços financeiros. Com o crescimento da internet e das empresas nascidas nesse novo ecossistema totalmente virtual, surgiram meios de transacionar providos por instituições não bancárias. Para dar um exemplo bem conhecido, podemos citar o PayPal.

Hoje, no Brasil, diversas empresas utilizam novas tecnologias para substituir ou complementar o suporte bancário tradicional. Trazendo, dessa forma, soluções cada vez mais variadas de serviços financeiros. BaaS (Banking as a Service, banco como serviço), de forma bastante objetiva, é esse catálogo de produtos e serviços bancários que você pode utilizar dentro do seu negócio para torná-lo mais eficiente ou ainda oferecer aos seus clientes como parte do seu produto ou serviço.

Por que BaaS é útil?

Os principais valores agregados desses serviços envolvem economia nos gastos, agilidade das operações, melhor usabilidade para os usuários dos serviços e o mais importante: a possibilidade de criar. Criar soluções novas para problemas específicos ou criar novas ferramentas e produtos para o universo da movimentação monetária. Como exemplos bem conhecidos podemos citar o cashback, conta digital gamificada e antecipação de recebíveis. A diante, vamos nos aprofundar nestes e outros casos de uso.

O BaaS fornece ao seu departamento de produto, um leque de serviços financeiros para serem integrados conforme sua necessidade. Os serviços financeiros, agora, se destacam pelo valor agregado.

Além de maior agilidade nas transações monetárias, surgem novas oportunidades geradas a partir da análise dados de quem transaciona – uma fonte de informação valiosíssima. Como plataforma de Banking as a Service, nós permitimos que nossos clientes atendam às suas necessidades financeiras on-line de maneira simples e segura, economizando tempo e dinheiro.

Flexibilidade é outra palavra chave. Utilizando uma plataforma BaaS você consegue controlar a direção e o progresso da solução financeira que você está implementado. Você consegue, facilmente, corrigir a rota ou aperfeiçoar as soluções criadas – tudo isso com baixo custo de desenvolvimento, já que as APIs e a infraestrutura lógica de tecnologia estão prontas e à sua disposição.

E, por fim, vamos falar de custos. O mercado financeiro é extremamente rigoroso e oneroso quanto aos requisitos legais e de segurança. Construir a infraestrutura tecnológica do zero para tornar real sua solução financeira significa horas e horas em uma longa jornada de imersão e trabalho duro. Por outro lado, se você utilizar os recursos Banking as a Service, com só algumas linhas de código você consegue implementar nossas APIs em uma tarde.

Quem pode se beneficiar com a plataforma BaaS?

Qualquer empresa pode se beneficiar das soluções trazidas pelo Banking as a Service. Entretanto, quem tira mais proveito destas tecnologias são empresas com alto volume de transações – empresas que trabalham com um grande número de fornecedores ou usuários ou que necessitam de uma estrutura financeira complexa. A automação dos processos é um ponto de destaque destas tecnologias, simplificando e agilizando a movimentação de valores.

Exemplos de uso

De que setores estamos falando, afinal? Fintechs, e-commerce, plataformas de crowdfunding, marketplaces, seguradoras, financiadoras. Indústrias e o varejo também podem se beneficiar grandemente destes recursos. 

O BaaS entrega um catálogo de possibilidades que visa solução de problemas e geração de valor. Você pode sanar uma dor da sua operação ou utilizar o BaaS como parte da melhoria do seu produto ou serviço. Vamos ver alguns exemplos?

Fintech

Uma fintech que possui um aplicativo para mobile banking e uma plataforma de internet banking deseja tecnologia para efetuar as liquidações dentro de sua estrutura. Ela pode consumir este serviço BaaS via API, optando por Pix, TED e/ou boleto bancário, por exemplo – inclusive com transações em lote.

E-commerce

Um e-commerce percebe uma alta demanda por pagamentos instantâneos utilizando Pix e não quer perder tempo nessa corrida. Ele então contrata esta solução de adquirência (gateway de pagamentos) com suporte a Pix e split de pagamentos.

Seguradoras

Pagamento em lote pode tornar a vida das seguradoras muito mais rápida e segura, graças à automação dos processos antes feitos manualmente.

Indústria

Uma indústria com um grande número de fornecedores e parceiros pode criar uma plataforma de antecipação de recebíveis, permitindo que seus fornecedores recebam antecipadamente em troca de descontos. Dessa forma, esta indústria paga menos pelos seus recursos e ainda constrói um relacionamento sólido com seus parceiros.

Em um projeto mais robusto, essa indústria poderia, inclusive, ter seu próprio cartão de pagamentos que utiliza o saldo da conta digital do usuário (fornecedor, no caso).

Varejo

Uma rede varejista pode criar uma conta digital white label com cartão white label para pagar sua equipe de colaboradores. Um ecossistema com empresas parceiras é criado para oferecer benefícios e promover um crescimento conjunto.

Como contratar?

A Atar B2B oferece a melhor plataforma Banking as a Service disponível. Estamos há 7 anos no mercado financeiro, atendemos toda a regulação do Banco Central e já ganhamos mais de 10 prêmios de reconhecimento.

Solicite contato no botão abaixo e permita-nos saber como podemos lhe ajudar! Conte com assessoria comercial e técnica inteiramente à sua disposição.

Sobre os autores

James Raul Withoeft
James Raul Withoeft
Publicitário e Designer em | LinkedIn | Mais publicações

Possui formação em Comunicação Social com habilitação em publicidade e propaganda e vasta experiência em branding, direção de arte publicitária, design gráfico, projetos editoriais, CX, UX e UI.

Kelvin Cassiano Weizenmann
Kelvin Cassiano Weizenmann
Executivo de negócios na Atar B2B em | LinkedIn | Mais publicações

Criativo, inovador inconformado, viajante e com alma de negociador. Formação em administração / Susep / CPA 10.